quarta-feira, 29 de março de 2017

Como não ser um gado

          

 

                                   COMO NÃO SER UM GADO

 

 

 

  Você sabe o que é o “efeito manada”?

 

 



Antes de continuar lendo, se inscreva no meu canal no youtube para receber conteúdos GRATUITOS e ainda melhores!!! CLIQUE AQUI 



  É o instinto animal que as pessoas possuem de seguir um grupo inconscientemente seja adotando um estilo de roupa, passando a gostar de uma determinada música, se convertendo a uma religião ou até mesmo aderindo uma causa política ou ideológica podendo até mesmo essa causa ser cruel e desumana simplesmente para se sentir aceito por um determinado grupo ou por ser mais cômodo.


  Ao fazer isso a pessoa age de forma totalmente irracional e no piloto automático, como um zumbi, achando que está seguindo suas próprias escolhas quando na verdade está totalmente cega e alienada, muitas vezes sem saber que está sendo manipulada ou indo diretamente para o abatedouro. É como jogar sua consciência fora e escolher ser apenas um objeto mecânico, programado para seguir qualquer coisa imposta pelo grupo em que pertence.


  Esse comportamento surge muitas vezes da necessidade patética que o ser humano possui de se sentir fazendo parte de um grupo e de ser aceito por ele. Ao contrário do que se pensa, esse comportamento não é comum apenas nos adolescentes por ainda não terem “formado” uma personalidade, mas também nos que se dizem adultos.

 

 

 


  Não estar consciente disso pode ser muito perigoso tanto para a sua individualidade quanto para a sua vida como um todo. Por exemplo, por estar pertencendo a um grupo de pessoas que usam drogas, há uma maior probabilidade de você adotar esse comportamento também.


   Pare um pouco para prestar atenção na sociedade em sua volta e você começará a perceber que a maioria das pessoas vive no piloto automático, seguindo tendências, adotando ideologias de manada, seguindo modinhas, a maioria com ideias parecidas, com conversas vazias de conteúdo original, parecem vazios de alma. Perceba que a maioria das pessoas em sua volta parecem robôs programados para falar a mesma coisa, para fazer a mesma coisa que todos fazem. Perceba também que se você discordar do que um determinado grupo acredita, você é imediatamente expulso e hostilizado. Isso tudo é mais perceptível hoje na era das redes sociais.


  Você já passou por isso? Já fez isso? Já teve a sensação de que está vivendo no meio de robôs inconscientes? Eu percebo isso todos os dias, por isso meu esforço em continuar esse blog...


  As pessoas fazem o que todos fazem como um gado, sem questionar se aquilo é realmente necessário, se o que as pessoas estão fazendo tem algum sentido, algum valor, elas simplesmente repetem e seguem a manada. Seja indo em uma balada, seja indo assistir um filme ruim só porque todos estão indo ver, seja indo fazer academia, ir a igreja, etc. Veja que o problema que eu estou apontando aqui não é fazer essas coisas, o problema é fazer essas coisas só porque todos estão fazendo

 


  E você não é especial, assim como eu também não sou, somos vítimas desse comportamento animal que ainda está preso em nossos cérebros depois de milhões de anos de processo evolutivo.


  É interessante notar que a indústria do cinema, os políticos, a indústria da moda e o marketing no geral conhece muito bem essa falha em nosso cérebro e faz a gente de ratinho de laboratório. Nós tendemos a consumir coisas que são mais aceitas pela nossa sociedade, por mais ridículo, por mais que faça mal a nossa saúde, por mais que seja totalmente desnecessário, nós consumimos um produto de uma determinada marca somente porque muitas pessoas consomem. 

 

 

 


  Você precisa compreender que a sua mente na verdade não é apenas sua, ela pertence mais a sociedade do que a você mesmo, que deveria ser o dono dela. Quando eu digo sociedade, digo seus amigos, sua família, sua igreja, seu estado, sua cultura, etc.

  A grande maioria das suas opiniões, gostos e decisões são influência direta da sociedade, queira você ou não.


  Como deixar de ser um gado estúpido e parar de agir assim? 

 

 

 

 


  O primeiro passo é fazer a sua mente consciente perceber esse comportamento idiota em você. E isso eu acredito que está acontecendo agora enquanto você lê esse texto.


  O segundo passo é observar e analisar tudo o que você tem o hábito de fazer e perguntar a si mesmo se isso está vindo do seu ser, ou se você está sendo influenciado por alguém ou por algum grupo. Se lembre de quando você começou a fazer ou a gostar dessa coisa.

 

  Será que se você parar de fazer essa coisa específica seu círculo social irá te rejeitar?

 

  Aliás, se pergunte o porquê você faz isso, é realmente útil?

 

  Você ficaria bem se simplesmente parasse de fazer? 

 

  O que te move a fazer isso? 

 

  Que sentimentos realmente te fazem agir e fazer essa coisa?


  Responda cada uma dessas perguntas, uma de cada vez, e anote tudo em uma folha de papel, é muito importante que você crie o hábito de analisar seu próprio comportamento, faça isso sempre.


  Vá fundo em sua mente com essas perguntas e de repente uma centelha de consciência pode surgir. De repente você pode sentir o sabor doce da individualidade, de ser único. Por trás de toda essa programação em sua mente há algo extremamente maravilhoso, que você nunca irá sentir se continuar a ser inconsciente. Não desperdice sua única vida sendo um robô, uma peça mecânica da sociedade doente em que vivemos. 

 

 


  Sempre que estiver do lado da maioria, pare e pense: “será que eu estou fazendo parte do gado e estou indo em direção ao abatedouro para ser degolado?


Namastê


2 comentários:

  1. Continue com artigos destes, gosto de pensar por mim mesmo, e detesto efeito manada.

    ResponderExcluir