sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

A sociedade valoriza o falso...


                                       

                                  A sociedade valoriza o falso...

 


Antes de continuar lendo, se inscreva no meu canal no youtube para receber conteúdos GRATUITOS e ainda melhores!!! CLIQUE AQUI 



   A sua individualidade é um perigo para o sistema, para a sociedade. A sociedade prefere que você siga os padrões, que você seja apenas uma ovelha, um gado, assim as coisas podem funcionar de forma previsível, assim você se torna só mais um número para ela, um número que pode ser manipulado e descartado.

   A sociedade não está interessada na sua individualidade, isso não é útil para ela.

   Ela não está realmente interessada em moralidade e justiça. Moralidade é uma farsa que te ensinaram desde que você era uma criança. 

   
   Se um homem mata outro homem é preso e visto como um assassino desprezível, se o mesmo homem mata centenas de pessoas em uma guerra a favor do seu país, incluindo mulheres e crianças inocentes, ele é visto como um herói, pela sua sociedade, pelo seu povo.



   Até mesmo os deuses que a sociedade acredita seguem esse padrão. Jeová mandava matar outros povos, mandava estuprar mulheres e despedaçar crianças de outros povos, mas ao mesmo tempo criou uma lei dizendo "não matarás", não tem sentido algum. Veja que ninguém está interessado em moralidade, a não ser que seja em benefício de si mesmo, do ego.
   E as pessoas realmente acreditam que suas vidas só fazem sentido por causa desses valores falsos, elas usam toda essa falsidade como muleta e criam sua personalidade baseada nessas idiotices.
As pessoas morrem e matam por essa palhaçada com orgulho. Guerras nada mais são do que disputas de egos, milhares de pessoas que poderiam viver muito ainda são massacradas por causa de suas mentes infantis, porque são escravos do próprio ego, do que acreditam que são, sem questionar.

   Você não é seu ego, você não é seus desejos fúteis, ilusórios e passageiros. Você não é a moralidade, você é muito mais do que isso. Você precisa se livrar dessas correntes que te aprisionam, precisa ser mestre da mente e não escravo dela.

   A sociedade quer que você viva pelo falso, quando digo sociedade, digo todas as pessoas inconscientes em sua volta incluindo parentes e amigos.

   As pessoas sabem lá no fundo que estão vivendo do falso, mas elas continuam vivendo porque não conseguem ir além da manada, não conseguem observar o lixo ilusório que carregam dentro de seus cérebros.

   Elas querem que você se sinta feliz trabalhando toda a sua vida como um robô em uma fábrica, então inventam valores em cima disso, elas querem que você coloque o estado no meio do amor e chamam isso de casamento, querem  que você faça coisas que não façam sentido nenhum, só porque a manada aceita toda essa idiotice sem questionar. 



   Assim a sua vida pode ser controlada, pode seguir um rumo previsível mesmo que seja vivendo na falsidade sem sentido.

   A sociedade valoriza o falso, uma vez que você tenha compreendido isso, você já estará um passo além.

   Eles dizem que o falso é verdadeiro, eles tentam maquiar o falso para que você viva em função dele, para que você entregue sua vida em função dele, adoram quando você se mata pelo falso, quando troca sua vida por ele, e você faz isso, mas no fundo sabe que se tornou apenas uma máquina, um robô inconsciente indo para o precipício.

   No fundo algo o incomoda, esse algo é o verdadeiro "eu", o que não pode ser manipulado, o que não pode ser domesticado, o que não pode ser falso.

   As pessoas não são o que deveriam ser, as pessoas vivem em uma falsidade coletiva como robôs, como escravos de suas próprias mentes e ilusões.

   Todas as sociedades que existem hoje não estão interessadas em sua individualidade, a sociedade comunista, capitalista, fascista, cristã, hindu, muçulmana, budista, etc. O seu verdadeiro ser não interessa para elas


   O meu objetivo nesse blog é tentar abrir seus olhos para o que realmente importa, o que realmente é verdadeiro, por trás de todas as falsidades da sociedade, mas o máximo que eu posso fazer é chamar sua atenção, te mostrar que há algo de errado, a descoberta do seu próprio ser, do que é verdadeiro, é uma experiência que deve ser sua. Não há nada mais belo do que se desfazer das ilusões, ser livre de verdade. Não há nenhum dinheiro no mundo que possa comprar isso.

   Em breve o próximo post, se lembre de adicionar esse blog aos seus favoritos e estar sempre atento.

Namastê

4 comentários:

  1. Teve uma vez que vc disse que devemos desapegar das coisas como se fossem sonhos passados. Meus pai é alcoolatra ferrado e agora foi abandonado por toda a família. Acha que devo esquece-lo como um sonho passado e seguir em frente Osho? Disserte.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já tentou ajudar ele? Existem vários locais que ajudam pessoas nessa situação como o "Alcoólicos anônimos", acho que antes de "esquecer" o seu pai, deveria tentar ajudar ele. Namastê

      Excluir
  2. Osho, veja que eu entendo tudo o que você está relatando sobre a mente. De fato, se não entendermos a separação que ela tem de nós mesmos e da realidade, seremos incapazes de preencher o vazio existencial que se transforma na sensação de insatisfação permanente, inerente ao ser humano. Dinheiro, mulheres, mas do que nunca prova-se a cada dia que passa que isso não é nem de longe o fulcro de satisfação da mente humana, tratando-se apenas de uma ilusão criada por ela, para que haja algo que fique ali no plano de fundo atormentando a sua vida por TER menos que o outro, ou por sua vida sexual não ser tão boa quanto a do outro, etc. Devemos sim crescer como seres humanos para aprender a lidar com as mazelas e armadilhas internas que são o verdadeiro problema deste mundo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que já compreende bastante coisa do que escrevo. Bem vindo ao blog, sinta-se em casa!

      Excluir